quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Cidades da Estrada Real - Minas Gerais

As cidades históricas de Minas Gerais oferecem rastros do Ciclo do Ouro, época de grande riqueza econômica, histórica e cultural. Igrejas, monumentos e arte encontram-se entre as atrações das cidades.
Uma viagem no tempo, que pode ser revivida ao longo de 1600 km da Estrada Real, caminho aberto pela Coroa Portuguesa para levar o ouro de Minas Gerais até o Rio de Janeiro. Um caminho que se confunde com as mais belas paisagens.
Além de toda riqueza desse patrimônio, as cidades históricas possuem várias atrações como festivais de cinema, de inverno, de gastronomia, carnavais e principalmente as paisagens exuberantes das montanhas de Minas.

Diamantina




A cidade de Diamantina detém os títulos de Patrimônio Histórico Nacional e Patrimônio Cultural da Humanidade. É um dos destinos da Estrada Real e um dos roteiros culturais e turísticos mais ricos do País. Caminhar pelas ruas de capistrana, observando o casario colonial português, remete o turista a um passado onde o diamante foi moeda corrente e a riqueza fez surgir "rainhas" como Chica da Silva. Visitando Museu do Diamante, Instituto Eschwege, Igrejas do Carmo, Rosário e São Francisco de Assis, Mercado dos Tropeiros, Casa de Chica da Silva e Casa de JK

Sabará





Sabará possui um dos mais notáveis acervos de igrejas setecentistas de Minas. Nossa Senhora do Ó, uma das mais representativas do barroco mineiro, possui influência chinesa em sua arquitetura externa e na decoração interna. Sabará tem tudo para se firmar como grande atração turística, pelos aspectos culturais, pela beleza de suas paisagens e sua arquitetura barroca. A cidade conserva casario histórico e também é cheia de tradições. Uma delas é a delicada renda turca de bicos, patrimônio cultural imaterial do município, feita à mão pelas artesãs da região.

Santa Bárbara





Santa Bárbara é a cidade mais próxima do Santuário do Caraça. No espaço, a 26 km da cidade, estão trilhas, cachoeiras e construções que abrigaram uma escola e um seminário no século XVIII. Para chegar até lá é preciso pegar a estrada sentido Barão de Cocais e seguir as indicações para o santuário.

Brumadinho 





Cidade que abriga o impressionante Instituto Inhotim, dedicado às artes, o espaço guarda 22 pavilhões com obras de artistas de mais de 30 países, tudo isso entrecortado por belos jardins planejados e lagos. Entre os nomes de destaque que têm peças ali estão Cildo Meireles, Hélio Oiticica, Adriana Varejão, Chris Burden e Matthew Barney.

Santana dos Montes





Santana dos Montes está situada a 130 km de Belo Horizonte e tem em seus casarões, fazendas coloniais e belezas naturais os principais atrativos para os visitantes. Conforto e tranquilidade são ingredientes de destaque nos hotéis-fazendas e pousadas do lugar, que integra a Estrada Real e o Circuito Turístico Villas e Fazendas de Minas. O lugar é uma excelente opção para quem quer comer uma bela comidinha mineira e para quem busca conviver com a história e a natureza em paz, com segurança e conforto. Conhecida por ser a "Cidade Natureza", adotada pelo povo local, expressa bem a realidade de seu território, rodeada pela Serra do Espinhaço tem o privilégio de estar na junção do cerrado com a Mata Atlântica. Córregos, cachoeiras, corredeiras e matas fechadas compõem uma área de natureza exuberante, de tranqüilidade e belezas rodeadas de animais silvestres dos mais diversos tipos e espécies. E para quem gosta também de uma boa aventura, Santana dos Montes proporciona trilhas e estradinhas onde se pode andar a pé, a cavalo ou de charrete, atrações
que sempre encantam os turistas.


Fontes:
http://www.minasgerais.com.br/
http://vidaeestilo.terra.com.br/turismo
http://www.tourguidebrazil.com/index.html
http://viagens.ig.com.br/
http://viajeaqui.abril.com.br/guia4rodas
http://www.visiteminasgerais.com.br/